BIBLIOTECA +A -A

24/02/2012
Abraceel anuncia mudanças para a segunda turma do projeto de certificação de operadores de mercado



Abraceel anuncia mudanças para a segunda turma do projeto de certificação de operadores de mercado

Minuta da ementa da prova será colocada em audiência pública por 15 dias para receber contribuições

Carolina Medeiros, da Agência CanalEnergia, Mercado Livre
23/02/2012

A Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia anunciou mudanças para a segunda turma do projeto de certificação de operadores de mercado. Nesse ano, a Abraceel, em parceria com a Fundação de Desenvolvimento Tecnológico de Engenharia - FDTE/USP -, está elaborando uma minuta de ementa da prova, que será colocada em audiência pública pelo prazo de 15 dias. Segundo Reginaldo Medeiros, presidente da associação, com base nas contribuições será publicada a ementa definitiva com o edital de todo o processo de certificação.

"A intenção é que isso seja feito com bastante antecedência e no final do mês de março já se tenha pronta a ementa da prova desse ano, com todas as etapas da prova de certificação", contou Medeiros em entrevista à Agência CanalEnergia. Ele explicou que na primeira etapa será divulgado um edital com o conteúdo que cairá na prova para receber contribuições. Posteriormente, será publicado o edital definitivo junto com todas as etapas da prova, requisitos, critérios de inscrição e a ementa com o conteúdo a ser avaliado.

"Ainda não temos definida a data da prova, mas deverá ser na mesma época do ano passado, também com a intenção de entregar no Encontro Anual do Mercado Livre o diploma para um canditado habilitado sorteado", disse. No ano passado, a prova aconteceu no final de outubro. A idéia, ainda de acordo com Medeiros, é que o processo seja repetido a cada ano, ou seja, uma minuta do edital prevendo todas as etapas da certificação deverá ser colocada sempre em audiência pública. "Com a primeira prova aprendemos muito e agora estamos estabelecendo uma rotina, que deve se repetir nos próximos anos", comentou.

O certificado de operador de mercado tem validade de quatro anos e, por isso, a Abraceel também já está pensando em uma prova para os que desejem revalidar o certificado. "No quinto ano, a intenção é que a prova seja composta de duas partes. Uma para aqueles candidatos que desejem a sua primeira certificação - aí eles tem que responder a prova toda - e outra para quem deseja revalidar o certificado", explicou o executivo.

Medeiros contou ainda que foi encerrado o processo de certificação da primeira turma com a entrega dos certificados aos 29 alunos aprovados. Segundo ele, o certificado tem uma via em papel, que foi enviada aos habilitados e é registrado nos livros da FDTE/USP, e tem a certificação digital. Para ter acesso à certificação digital, basta o aluno aprovado entrar na página da Abraceel, colocar o número do CPF e o número do COE - certificado de operador do mercado de energia. "O certificado digital é importante por ser à prova de fraude", afirma Medeiros.

Segundo ele, a certificação diferencia os profissionais no mercado de trabalho, assim como as empresas que contam com esses operadores. "A certificação valoriza os profissionais e as empresas vão querer contratar os trabalhadores que tenham o COE", ressaltou o executivo. Ele comentou que o setor elétrico não tinha nenhum certificado de profissionais e que com o COE o setor inicia uma etapa de certificação. "A idéia é que existam outros tipos de certificação que progressivamente vá diferenciando o mercado de trabalho e fazendo com que o mercado de energia elétrica, ao contar com profissionais mais habilitados, seja um mercado com maior segurança nas transações", analisou.

CERTIFICADO DE OPERADOR
DO MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA
CLIQUE AQUI

Abraceel - Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia - Desenvolvimento ZONAElétrica